Atitude do Pensar

Atitude do Pensar

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

A chegada de gosto (agosto)

Tranquilamente, abri as janelas para que ele adentre. Sabê-lo enquanto desgosto, não impede-me de esperanças. Pois com ele, também chega o folclore. A Melancholia de Lars Von Trier. E a comemoração do meu nascimento. Com balões e flores. Amigos e risadas. Abraços e doces. Mês de Crime e Castigo de Dostoiévski. Leite derramado de Chico. Francês e antropologia na UFMG. Momento de enxergar e sentir o nascimento de novos girassóis. Afinal, quem disse que em agosto as flores dormem?

"Todo jardim começa com uma história de amor, antes que qualquer árvore seja plantada ou um lago construído é preciso que eles tenham nascido dentro da alma. Quem não planta jardim por dentro, não planta jardins por fora e nem passeia por eles."


[Rubem Alves - companheiro de muitos invernos]

17 comentários:

  1. Linda apresentação do mês... ele chega cheio de esperanças pra mim e espero que de felicidades pra você!
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo e quando é o niver? Ótimo AGOSTO pra ti! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Adorei a imagem e gostei mais ainda da leveza do post, estava lá acabando de escrever sobre o mês de agosto e leio sua lucidez acerca desses dias. Eu não gosto de agosto, mas gosto da magia acerca do primeiro dia que me leva a caminhar por outras ilusões. Só acho que esse mês se demora demais pela paisagem.. hehehehe

    bacio

    ResponderExcluir
  4. Legal teu poema, Laura. Agosto não deve ser encarado como o mês dos cães danados, mas como o antecedente da primavera.
    Um grande abraço. Tenha uma linda semana.

    ResponderExcluir
  5. Bem interessante o post, já q muitos amaldiçoam o mês de agosto. Nada tenho contra o mês. Não sou superticioso.

    ResponderExcluir
  6. este mes vai ser longo para mim, eu queria estar em casa ( com minha mãe, em seu aniversario…)

    ResponderExcluir
  7. Que agosto seja o mês do GOSTO. Adorei o texto, adorei o blog. Espero agora sua visita no meu portal (blog): www.raissasofia.zip.net
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Escrevi também sobre a chegada deste novo mês em meu blog, acho que ele será interessante e até mais frio(no sentido de temperatura por aqui)
    ...

    ResponderExcluir
  9. Que lindo!!! Adorei a leveza do texto! Não sou superticiosa e não tenho nada contra o mês, ele só me lembra que as férias acabaram, e estou de volta a rotina. Também adoro Rubem alves ele é meu companheiro em todas as estações... Que seu jardim esteja sempre florido e seu agosto seja doce! Bjusss

    ResponderExcluir
  10. tô precisando de jardins que duram mais de um dia.

    ResponderExcluir
  11. também este agosto para mim tem gosto: férias, pausa, leitura, música, praia, festivais de verão e um eterno recomeço que caminha ao nosso lado, quase tocando-nos o ombro direito.
    beijos, amiga, desejando que neste jardim de agosto que aqui se anuncia brotem as mais viçosas plantas do optimismo!
    p.s. ah, e um feliz aniversário no dia certo deste agosto :)

    ResponderExcluir
  12. o jardim não está nas flores, mas nos olhos de quem os vê...

    ResponderExcluir
  13. E que a gente atravesse agosto, esperando as flores no jardim!


    Um beijoooo minha flor!!

    (Agosto tbm é o mês do meu niver)

    Levezas pra nós!

    ResponderExcluir
  14. Em nenhum mês as flores dormem .
    E mesmo que tal acontecesse , teríamos a retina da alma .

    Um abraço pelo aniversário que virá ...

    ResponderExcluir
  15. Então plantemos: dentro e depois fora =*

    ResponderExcluir
  16. Sabe que nem ligo pra meses, fases da lua...
    Ligo pra começo e fim de ano.
    Ahhh e adoro meu aniversário!

    ResponderExcluir
  17. Dani, pra mim tb: esperanças vivas...

    Chica, dia 25.

    Lu, jamais tive alguma referência quanto a esse mês. Contudo, dessa vez ele chegou permeado de expectativas que podem ser alcançadas. A lucidez deve ser pela entrada no universo balzaquiano.hehe

    Laura? Não Dilmar, é Keila.hehe
    Mas em problemas...tenho uma amiga de décadas que me chama por outro nome.XD
    Verdade, estamos no inverno - estação que aprecio -, mas prestes a chegada da primavera.

    Roderick, eu tb não.

    Maggie, que pena. Mas que ambas sintam-se abraçadas, mesmo distantes...

    Obrigada, Raissa. Vou lá sim...

    Marcelo, a previsão pro aqui é frio, mas ainda não chegou, viu. Iria adorar comemorar meu aniversário com goles de vinho, choconhaque, tudo bem quentinho.

    Ei, Zélia. Rubem esteve presente em momentos difíceis, gosto da postura dele, das falas, dos textos, ele companhia para todos os momentos. Que nosso jardim floresça lindas flores mesmo nesse inverno.

    Andressa, mas jardins geralmente duram, o problema é quando as flores são arrancadas, por isso não gosto delas distantes dos jardins - sobrevivem pouco.

    Ei, Jorge, é tão interessante pensar que em outro lugar o tempo se apresenta diferente, mas com nuances próximas.
    Desejo o mesmo por aí...

    Débora, os olhos são o reflexo da alma, mas as vezes é necessário acreditar primeiro para produzir o que não existe - ainda.

    Sil, sério? Quando? Viu que a imagem veio lá da sua casa, né...

    Maria, prefiro pensar que há flores que descansam em detreminadas estações, para que dessa forma, outras possam florescer.

    Thel, acho que tô precisando que alguém semeie por aqui.hehe

    Cris, eu não gostava de datas, mas gosto das estações, das fases da lua, do dia, da noite. Mas ainda não gosto de começo e fim de ano.hehe
    Aprendendo a gostar do meu aniversário!!

    ResponderExcluir