Atitude do Pensar

Atitude do Pensar

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Uma missiva à Lya

Já vivi do passado. De sonhos e lucidez. Hoje vivo de ambos. Equlibrando-me na linha de cada estação. Porque se há um trilho, ainda não o vejo. Mas já o sentir, esse se fez sempre presente.


---------------------------------------------------------------------------------------------

Hoje, graças ao convite da Lu do sotão, estou aqui. Entre cartas, passado, presente e futuro.

Vambora?

14 comentários:

  1. Olá, querida...

    Isso é o que nos "torna", o que nos "constitui"...nessa "vida imensa". Obrigada pela visita"

    ResponderExcluir
  2. adoro o que escreves é sempre pra refletir, e na verdade é assim que nos construímos sempre tentando equilíbrio e às vezes nem tanto. na verdade tudo penso, sinto, às vezes sobra lucidez, outras vezes sobram sonhos... o importante é nunca perder a ternura, a delicadeza ...enfim a capacidade pra emocionar-se. e doar-se...amar é chave de tudo.

    beijinhos querida
    e uma bela semana pra ti

    ResponderExcluir
  3. k. acabei de ver a carta.
    Que linda.

    A sua sensibilidade assusta, as vezes.

    ResponderExcluir
  4. Sensivelmente a tua escrita como sempre Keilitia, adorei!

    ResponderExcluir
  5. Fui conferir.

    Dizer o que? Lindaaaaaaa!

    Beijo Keila!
    Sempre escrevendo lindamente!

    ResponderExcluir
  6. Esqueci de contar que amanha será a minha carta (mais parecida com um bilhete rs) que será publicado por lá. E tem também uma outra carta que fiz em janeiro desse ano: http://cartasemselo.blogspot.com/2011/01/viena-11-de-janeiro-de-2011.html

    ResponderExcluir
  7. OLá querida, boa noite!
    Primeiramente, obrigada pelo comentário lá na Emi. Fiquei curiosa e vim aqui te visitar (claro que ainda não vi tudo), mas me identifiquei muito por aqui.
    Vou seguir e voltar com muita calma viu? rs

    Paz e Luz!

    ResponderExcluir
  8. Bem que estou precisando ao menos sentir os trilhos...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. PS: Estava com saudades tb, andei afastada da net, tanto pela falta de tempo como por um desanimo geral que tive nas últimas semanas. Devagar vou lendo os posts q perdi, adoro seus textos.

    Beijo!!

    ResponderExcluir
  10. Que bom que te "obriguei" a baixar, espero que goste quando começar a ouvir e se inspire ainda mais para seus textos no blog. (:

    ResponderExcluir
  11. Andressa, é bom ter você aqui.

    Pedra do sertão, o que nos constitui é um todo tão enorme e complexo...

    Nina, amar sempre, mas aprendi a lidar com os outros sentimentos e emoções, eles fazem parte de quem somos.

    Heat, posso dizer que sou uma pessoa a flor da pele...hehe

    Cris, brigadinha. Li as duas.

    Ei, Sil. A Cris falou sobre sensilidade. Posso afirmar que, em seu canto é sempre o que encontro.

    Dani!!! Obrigada, flor.

    Sônia, seja bem vinda.

    Thel, as vezes enxergamos o trilho, mas não conseguimos nos equilibrar. Também podemos senti-lo, mas não conquistar o equilibrio.
    Ah, vai entender, né...rsrs

    Obrigada, mais amor.

    Pagu, ouvi ontem novamente.XD

    ResponderExcluir