Atitude do Pensar

Atitude do Pensar

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Ela, entre lagartas e borboletas

Meus passos tem sido trôpegos. Lentamente o relógio canta tic tac. Seu ritmo é lento, uma harmonia bela, triste e sufocante. Paulatinamente dou passos em busca de uma paz que não é visível. Desisti de falsas esperanças de primavera. Necessariamente, vivo submersa em invernos gélidos. Não estou presente, porém, também não ausente. Ouvir é necessário. Refletir. O medo bate à porta e espreita-se entre espinhos alojados em minha alma. Há luz. Esta, encontra-se fraca, mas ainda é capaz de anunciar vida e consolar-me com seu calor. Os abraços e sorrisos daqueles a quem amo expressam o refúgio encontrado pelo meu ser. Confiar é preciso. O momento pede tempo ao próprio tempo. À escrita e às visitas. O voltar ainda não é certo, mas afinal, sempre estarei somente de passagem. A metanónia expande-se, e eis que uma nova borboleta surgirá. Ela menina. Ela, em busca de novos balões.


[quando for primavera eu retorno, enquanto isso, fica a saudade de todos]

23 comentários:

  1. Você faz uma falta enorme. Espero que sare logo e você volte a embelezar nossos jardins!
    Beijinhos cheio de carinho!

    ResponderExcluir
  2. É preciso ter muita confiança, a falta de confiança é capaz de estragar até os sonhos que já estão prontos, só esperando que os peguemos!

    abração!

    ResponderExcluir
  3. Aguardando de fora do casulo com uma brisa que renova e que traz harmonia.
    Beijos! =)

    ResponderExcluir
  4. Espero que voltes l9ogo. Fica bem e te cuida,tá? beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. É verdade. Ouvir é necessário. Muito !

    ResponderExcluir
  6. mas a primavera não começa agora...?
    sempre existe tempo para ouvir, refletir, mudar...ou não!

    ResponderExcluir
  7. Desejo que tudo retorne à normalidade e volte logo! Nem sabes a falta que sinto de sua presença lá no meu canto.

    Um abraço bem grande e te desejo uma boa primavéra e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  8. E eu fico me perguntando "e quando é que começa a primavera?" - enquanto isso eu confecciono saudades e invento balões... Claro que tenho um canudinho para criar bolinhas de sabão também. rs

    bacio

    ResponderExcluir
  9. Qualquer estação , primavera ou não , chega quando nos abrimos para ela .
    Força!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  10. tem selinho pra vc no blog:
    http://senhoritaperdida.blogspot.com/2011/09/selinhos-o.html
    =*

    ResponderExcluir
  11. Bom dia!

    Que seu dia seja de paz, de sorrisos e de muitas bênçãos, e que você possa sentir a presença de Deus aonde quer que vá.

    “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. (I Pedro 5:7)

    Deus seja contigo!

    Blog Yehi Or!
    http://hajalluz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Há momentos que não há muito o que fazer a não ser dá tempo ao tempo.E permitir que a primavera floresça dentro de nós depende só de nós memsos.E essas são as coisas mais difíceis assimilar porque o que depende dos outros sempre podemos arranjar desculpa,mas aquilo que só depende de nós, só podemos culpar a nós mesmos.
    beijosss

    ResponderExcluir
  13. e metamórfica a si mesma se metamorfoseia rumo ao rumor de rumores, flores, amores.
    b
    delamancha

    ResponderExcluir
  14. Saudade de tu,menina,não gosto de sumiços,mas enfim eles são precisos.
    Texto lindo!Me encontrei em tuas palavras.Espero que estejas bem,e retorne em breve.A porta estará aberta e os braços para àquele abraço tbm.
    Bjka

    ResponderExcluir
  15. Saudades de ti moça! Tens feito muita falta aqui! Que seu tempo seja breve! Bjusss

    ResponderExcluir
  16. OI FLOR, COMO ESTA?
    SAUDADES DE VC
    esta rolando uma enquete no meu blog, conto sua participação lá!

    http://wwwparedescolloridas.blogspot.com/
    BEIJOKAS

    ResponderExcluir